sRemote – Controle seu computador remotamente pelo Gmail

Artigo escrito por Sergio Motta e arquivado em: Portátil, Softwares, Utilitário.

sRemote é um programa gratuito para Windows que lhe permite executar ações em seu computador, como desligar, reiniciar e abrir programas através de comandos enviados por email usando sua conta no Gmail.

Controle seu computador remotamente pelo Gmail

Publicidade

O funcionamento do programa é bem simples. Ele monitora continuamente a conta do Gmail para onde os comandos devem ser enviados, e aplica as ações no computador onde o programa está sendo executado.

Na primeira execução do programa, você precisa criar uma senha. Essa senha será usada para confirmar que é você mesmo quem está enviando o comando para ser executado remotamente em seu computador.

Basta digitar a senha e clicar em “Proceed” para abrir a janela principal do programa. A primeira coisa que você precisa configurar é a sua conta do Gmail, então, clique em “Gmail settings” na parte inferior esquerda.

Nas configurações do Gmail digite o endereço e a senha do email que será monitorado e também o email que será usado para enviar os comandos. Se você quiser, pode utilizar o mesmo emails nas duas opções.

Após salvar as configurações, o programa será reiniciado. Em seguida, defina o intervalo de monitoramento do email e clique em “Set Interval”. Por fim, clique no botão “Start Monitoring” para iniciar o monitoramento.

Agora você está pronto para controlar o seu computador remotamente. Clicando no botão “Comands” você pode ver a lista de comandos disponíveis. Para enviar um comando, você precisa colocar a senha seguido do comando no assunto do email. Por exemplo, para você reiniciar o computador: minhasenha();restart();

sRemote - Exemplo de comando enviado por email

Download sRemote

Compatível com Windows XP, Windows Vista, Windows 7 e Windows 8 (32 e 64 bits)

Gostou desse artigo? Inscreva-se gratuitamente por Email ou RSS e receba diariamente as últimas novidades publicadas no SoftDownload.

1 comentário

  • Ótimo artigo. Muito obrigado!

Deixe um comentário

Current ye@r *